Esse é um espaço que tenho para escrever o que penso, o que sinto. Fazer críticas sobre a sociedade, o mundo que vivemos, as atitudes e julgamentos das pessoas.

É sempre bom ver o que os outros pensam, cada um tem seu ponto de vista, e esse é o meu. Espero que gostem, pois o que faço é com muito carinho.

Deixem seus comentários!

Quem conta as histórias?

Minha foto
Uma pessoa que adora escrever e usa a escrita como um desabafo sobre seus sentimentos e críticas que muitas vezes tem dificuldade de expor em seu dia-a-dia. Estudante de Pedagogia da Universidade de Brasília. (ingridraina.dirgni@gmail.com)

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.

Clarice Lispector

segunda-feira, 6 de junho de 2011

E o Bullying ataca novamente

video

E eu continuo me perguntando: O que elas ganham com isso? Como o ser humano pode ser tão mau? O que a garota fez para ela a tratarem dessa forma... Eu simplesmente desconheço a resposta pra essas perguntas... E tenho vergonha por elas.

Não. Não de novo.

Sabe, eu queria ter mais oportunidades...

Queria eu poder estar no lugar daquela garota que pode te abraçar todos os dias. Queria poder estar no lugar dos seus amigos, pois você é tão feliz do lado deles...

Gostaria de poder voltar naquele nosso último dia e fazer algo diferente, talvez mudaria tudo. Ou talvez, voltar no primeiro dia em que te conheci, foi muito perfeito e você me fez ver o mundo de outra forma...

Poderia ser uma melhor amiga sua, para você poder estar sempre do meu lado e me contar tudo. Pra quando estiver triste, vim até mim e eu te fazer sorrir de alguma forma ou simplesmente chorar com você.

Poderia ser seu cérebro pra conseguir mandar em você, te guiar para o lugar certo, aprender a valorizar mais quem está ao seu lado e só quer o seu bem.

Mas eu sou somente eu. Uma nada pra você. Até fui algo um dia... Um dia. E esse tal dia se foi... Se perdeu no passado e quem sabe daqui alguns anos, ou nem tanto, talvez meses ou semanas mesmo, você já tenha esquecido que fiz parte dessa sua vidinha.

Mesmo assim, obrigada por não me dar outra chance, pois o que eu aprendi é que quem nos ama de verdade sempre estará do nosso lado e não importa o que a gente faça, ela nunca vai nos dar as costas.

Ingrid Raina


Poema #Fail



E quando eu te vejo, meus olhos enchem de lágrimas, pois eu insisto em sofrer e ver o que nunca foi meu não me querer...

E mesmo que eu nunca tenha te tido, é difícil te ver partindo

As coisas mudam e todos se vão, queria eu ter tudo de volta e ver que o “nós”, os mesmos estão.

Queria eu ter tudo o que não tive de volta. Mas como, se o que não me pertence não retorna? Ah, querida revolta...

Por que fizestes isso comigo? Será de mim um pobre ser que não está bem consigo? Será de mim uma nervosa com a própria vida?

E quer saber, chega de tentar fazer rimas, pois nenhuma delas vão te trazer pra minha vida... Revolta, vá embora, pois aqui nada vem de volta... E não adianta querer dar uma de esperto, porque você está distante e nada me desperta.

Ingrid Raina


Leia Também